Carnavalesque-se

É Carnaval.
Eu não pesquisei sobre onde nasceu o carnaval, nem sua definição. Na verdade para expor minhas impressões sobre esta data tão querida pelo povo, não precisaria de um ambiente histórico, usarei o ambiente atual. Não problematizarei os pontos negativos, esta não é minha intenção no momento. Mas saiba que nem tudo são flores nestas datas.

A festa que mais chama gente do mundo para o nosso país verde amarelo, onde aparentemente não existe preconceito. Onde você está liberado pra cometer todos os seus “pecados” em nome da felicidade desde que esta não interfira na felicidade do próximo. Festa onde deu origem a muitos amores, a muitas histórias, onde a música prevalece, todo mundo é dançarino de primeira, e onde a arte é comtemplada, aplaudida, conceituada e premiada. Cantam-se histórias, prestam-se homenagens, a rua é a morada de todos.

A verdade é que nunca sair para curtir o carnaval. Tenho minhas razões. Não me arrependo, nem morro de vontade de fazê-lo.  Criei meu próprio momento. Nem por isso sou contra, dou valor a quem consegue sorrir apesar de todas as dores. Mas também não o exalto.

Acho que é importante aproveitar os tempos em que se festejam. Mas não se deve usar a festa como desculpa para fazer tudo o que lhe der na telha. Acho bonito ter a disposição de sentir o calor das multidões. Mas não sejamos falsos. O amor vai muito além de uma semana. Sorri na tribulação deveria ser uma prática constante, dar-se por inteiro a uma música é algo a ser feito todos os dias acompanhado ou não. Dançar sem se importar com regras ou lugares é saudável em qualquer época do ano. Abraçar um desconhecido só porque você tá feliz também não faz mal e deveria não ser estranho.

Se carnaval é sobre isso, não preciso estar em um bloco ou em um sambódromo para comemorar, nem precisaria de feriado na verdade. Cada um faz as comemorações do seu jeitinho com sua magia. Carnavalesque-se!

https://maisumanormal.wordpress.com/2016/01/16/projeto-16-on-16/
Aqui
Anúncios

10 comentários sobre “Carnavalesque-se

  1. Você falou sobre não usar essa data para fazer tudo que vier na telha, e não consigo deixar de associar isso automaticamente à todos os casos de abuso e assédio que acontecem nessa época do ano. Muitos ainda não sabem ouvir um não, e nossa, isso é tão ridículo. Acho o carnaval uma festa linda, mas que tem lá seus pontos negativos também.

    Beijo!!

    Curtir

  2. Palmas para esse texto, o carnaval pode ser comemorado várias vezes no ano, afinal em toda festa ou balada da vida fazemos a mesma coisa que fazemos no carnaval.

    Amei essa coisa de não usar o carnaval como desculpa pra fazer coisas que não faríamos normalmente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s